Qualidade da educação de Piripiri faz busca por matrículas crescer na Rede Municipal de Ensino

Por Br Hoje
5 de janeiro de 2024

Teve início nesta terça-feira (02/01), se estendendo até o próximo dia 12 de janeiro, o período de novas matrículas na Rede Municipal de Educação de Piripiri. A busca por garantir vagas para novos alunos foi intensa em todas cinquenta e três escolas municipais. De acordo com a secretária de educação do município, Tânia Marilda Monteiro, as matrículas estão sendo um sucesso. “Muitos pais, mães e responsáveis estão buscando o sistema público para fazer a matrícula dos seus filhos. Hoje nosso sistema atende desde a educação infantil até a educação de jovens e adultos com muita qualidade e aprendizagem”, disse a secretária.

Para o superintendente de gestão programas e projetos da Secretaria de Educação do Município (SEDUC), Rodrigo Santos, a grande busca pela rede pública municipal de Piripiri é fruto do trabalho realizado pela secretária Tânia Marilda e do grande investimento feito pela gestão da prefeita Jôve Oliveira Monteiro. “A procura pela educação municipal é o resultado do trabalho da SEDUC, tão bem conduzido pela professora Tânia Monteiro, resultado dos investimentos feitos pela administração municipal, da prefeita Jôve Oliveira, no melhoramento, reformas, recuperação e reconstrução de escolas municipais. A comunidade tem visto o trabalho feito pela educação nesta gestão, o que mostra a excelência da educação municipal”, explicou o superintendente.

A coordenadora do Centro Educativo Municipal Círculo Operário, Cristiana Oliveira, falou sobre a busca dos pais por vagas na escola. “Aqui na nossa escola a maioria que busca é do bairro. Ainda há vagas para o 4º e 5º Anos”, disse a coordenadora.

No Centro Educativo Municipal Antônio Ferreira Neto, no centro da cidade, a busca também é intensa. “A procura é muito grande. A escola é central e os alunos já matriculados renovaram suas matrículas. Abrimos turmas para o 1º Ano, que lotou logo no primeiro dia. As demais vagas, de 7º, 5º e 4º Ano também foram preenchidas. Nosso aprendizado é muito bom e o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), também. Nossa escola é muito procurada e estamos trabalhando para que ela continue sendo referência”, garantiu a diretora da escola, Verônica Cunha.

De acordo com a diretora do Centro Educativo Municipal Irmã Ângela, a busca pela escola também é enorme. “Nosso colégio é uma referência de qualidade e, por isso, temos procura de toda a cidade. Pais de todos os bairros buscam a escola para matricular seus filhos aqui. Por isso a busca intensa por vagas”, explicou a diretora.

A mãe das alunas Valentina e Isadora, Jamile Silva, moradora do bairro Paciência, procurou a CEM Círculo Operário para matricular as filhas. “Venho aqui porque sei que esse colégio é muito bom e por isso mesmo vim matricular as meninas”, revelou a mãe.

Luana Maria Silva, moradora do Parque Recreio, comemorou a matrícula do filho Gustavo no 6º Ano do CEM Irmã Ângela. “Graças a Deus deu certo. Meu filho fez o teste e foi classificado e estou feliz por isso.”, comemorou Luana.

Fonte: ASCOM

Últimas notícias