Bolsonaristas impedem pai de levar filho para cirurgia no olho

Por Br Hoje
23 de novembro de 2022
Foto Reprodução
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

Bloqueio de bolsonaristas na BR-163 impediu o pai de um menino de 9 anos de passar e levar o filho para realizar uma cirurgia no olho. O vídeo que circula pela internet causou revolta na população, pois é possível ver o pai implorando, e o grupo negando.

“Que fique cego”, disse um deles, após o pai dizer que deveria levar o filho para uma cirurgia oftalmológica em Cuiabá e que sem o procedimento, o garoto poderia ficar cego.

Confome o Metrópoles, o caso ocorreu na altura de Sorriso (MT), na segunda-feira (21).

Eder Rodrigues Boa Sorte, de 41 anos, é morador de Sorriso e tem dois filhos, um de 9 e outro de 10 anos. Ele conseguiu a cirurgia para o filho mais novo após uma batalha judicial. O menino espera há mais de três meses pelo procedimento, avaliado em R$ 15 mil.

Mandaram ir a pé

Após três horas perdidas com negociações, eles só conseguiram seguir viagem por um caminho alternativo dentro de uma lavoura.

Eder contou que ele e o filho mais velho, de 10 anos, foram ameaçados. Um dos participantes do bloqueio teria dito para eles seguirem a pé, e que não se importava se o menino ficasse cego.

“Fui por várias vezes ameaçado por um deles com um facão. Balançava e me mostrava, dizendo que eu não passaria. Dizia que não se importava se o meu filho ficaria cego ou que os demais morressem, porque não éramos melhores do que eles”, relatou.

Nas imagens, é possível ver que o filho mais velho tenta acalmar o pai, que se desesperou com a possibilidade de a cirurgia ser perdida: “Meu filho vai perder o olho”, disse Eder.

A criança se desespera, enquanto os participantes do bloqueio gritavam.

 

Últimas notícias