Concurso Nacional Unificado será adiado devido a chuvas no Rio Grande do Sul

Por Br Hoje
3 de maio de 2024
Foto Reprodução

Devido às intensas chuvas que assolam o estado do Rio Grande do Sul, o Concurso Nacional Unificado (CNU), conhecido como ‘Enem dos Concursos’, será adiado em todo o Brasil. A confirmação foi feita pela comentarista Vera Magalhães por uma fonte do governo nesta sexta-feira (3). Até o momento, não há uma nova data definida para a realização das provas.

Segundo dados do Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, um total de 80.348 candidatos (correspondendo a 4,3% do total para o Brasil) estão inscritos para realizar as provas em 10 municípios gaúchos (representando 3,7% do total).

Anteriormente, o ministro Paulo Pimenta, da Secretaria de Comunicação Social, mencionou que o adiamento do concurso custaria R$50 milhões aos cofres públicos.

A decisão de adiar as provas ocorreu devido ao despreparo da equipe responsável pelo concurso, uma vez que o edital não prevê ações específicas em casos de desastres naturais, apenas mencionando reembolso para candidatos afetados por tais situações no dia do exame.

Calamidade pública

As fortes chuvas e enchentes no Rio Grande do Sul afetaram mais de 350 mil pessoas em 235 municípios do estado, resultando em 31 mortes, 74 desaparecidos, 17 mil desalojados e 56 feridos. Como consequência, as aulas foram suspensas para 170 mil estudantes da rede estadual.

Nesta sexta-feira (3), há registros de 154 trechos em 68 rodovias com bloqueios totais e parciais, incluindo estradas e pontes, enquanto Porto Alegre declara estado de calamidade pública. A situação é preocupante, com previsões indicando que o Rio Guaíba poderá atingir cinco metros até sábado, potencialmente superando a maior cheia da história, registrada na capital em 1941.

Fonte: CNN

Últimas notícias