Losartana é recolhida do mercado: risco de causar câncer a longo prazo

Por Br Hoje
11 de março de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O laboratório Medley anunciou o recolhimento voluntário de todos os lotes dos remédio losartana potássica + hidroclorotiazida 50 mg + 12,5 mg, losartana potássica + hidroclorotiazida 100 mg + 25 mg de losartana potássica 50 mg e 100 mg comprimidos. A medicação é indicada para o tratamento de pressão alta e insuficiência cardíaca, é bastante utilizada no Brasil e consta na lista de medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A empresa verificou a presença de impurezas mutagênicas nos produtos, provenientes do processo de fabricação e, de acordo com o informado, o recolhimento não foi somente no Brasil. Essas impurezas podem causar alterações no DNA dos usuários, aumentando a possibilidade de câncer a longo prazo. Entretanto, ressalta que o risco específico dessa substância química causar, efetivamente, câncer em humanos ainda é desconhecido.

A empresa esclarece que o recolhimento dos lotes de comprimidos de losartana da marca Medley é voluntário e preventivo. O trabalho está sendo realizado em parceria com a Anvisa e outros órgãos de saúde dos países estrangeiros.

A losartana é um medicamento indicado em casos de hipertensão e insuficiência cardíaca. Ela promove a dilatação dos vasos sanguíneos, facilitando a passagem do sangue e, consequentemente, diminuindo a pressão nas artérias, o que melhora o funcionamento do coração.

Quais os riscos para os pacientes?

De acordo com a Medley, o recolhimento é uma medida de precaução e que ainda não há dados suficientes que sugiram que o medicamento causou uma mudança na frequência ou natureza dos eventos adversos relacionados a cânceres, anomalias congênitas ou distúrbios de fertilidade.

Contudo, parar de tomar o medicamento sem consultar um médico pode ser um risco para as pessoas hipertensas. Por isso, a empresa sugere que os pacientes procurem seus médicos e realizem tratamentos alternativos.

O recolhimento não trará custos aos pacientes. A Medley informa que quem possuir qualquer lote desses produtos pode entrar em contato com o SAC da empresa pelo 0800-703-0014.

Quando a Losartana é recomendada?

Conforme mencionamos no início desta leitura, a losartana é um medicamento indicado em casos de hipertensão e insuficiência cardíaca. Entre os efeitos colaterais que estão na bula do medicamento estão tonturas, diminuição da pressão arterial, hipercalemia, cansaço excessivo e vertigens. O medicamento pode ser indicado por um cardiologista para:

Tratamento de pressão alta (hipertensão);

Tratamento de insuficiência cardíaca;

Diminuir o risco de doença cardiovascular, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto em pessoas que possuem pressão alta e hipertrofia ventricular esquerda;

Proteger os rins e retardar a progressão da doença renal em pessoas com diabetes do tipo 2 e proteinúria.

Fonte: G1

Últimas notícias