Nutricionista Suzane Lima explica como perder peso de forma saudável

Por Br Hoje
20 de fevereiro de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

No início do mês, uma enfermeira de 42 anos morreu em São Paulo, vítima de um quadro de hepatite fulminante, uma síndrome bastante rara, mas fatal, Edmara Silva de Abreu, apresentou o quadro após fazer uso contínuo de cápsulas de um chá para emagrecimento. Para alertar e esclarecer a cerca do emagrecimento saudável, entrevistei a nutricionista Suzane Lima.

Entrevista

Br Hoje: Até que ponto a frase ‘você é o que você come’ está correta?

Suzane Lima – Quando afirmamos que “você é o que você come” tem ligação direta com o poder da alimentação natural, equilibrada e em quantidades suficientes para cada indivíduo, que é o ponto de muita importância nesse assunto.

Falamos sobre o reflexo positivo ou negativo que as escolhas alimentares tem sobre a vida das pessoas de todas as idades.

Sou profissional da área e especialista em nutrição funcional, e garanto que a alimentação correta é a base do bem estar físico e mental, já os desequilíbrios alimentares são  responsáveis pelas doenças crônicas não transmissíveis como a hipertensão, diabetes e hipercolesterolemia  que se tornam cada vez mais frequentes no público jovem e assim compromete a saúde e qualidade de vida.

Br Hoje: Que alimentos são os maiores inimigos da saúde?

Suzane Lima – Os maiores inimigos da saúde no mundo moderno é a industrialização dos alimentos, a praticidade que promete o que está ligado a produção de alimentos cheios de compostos que prejudicam a saúde, e para facilitar o entendimento exemplificar.

TOP 4 DOS ALIMENTOS INIMIGOS DA SAÚDE

Alimentos ricos em açúcar:  Refrigerantes (Incluindo o diet), bolos e sorvetes. 

Excesso de sal: comidas congeladas, macarrão instantâneo e temperos industrializados  

Alimentos ricos em gorduras: fast foods (hambúrguer, cachorro quente, batata frita, salgados) 

Alimentos ultra processados: Salsicha, Calabresa, Carne de hambúrguer.

Br Hoje:Quais tipos de orientações você dá as pessoas que querem emagrecer sem descuidar da saúde?

Suzane Lima – O processo de emagrecimento tem que ser entendido como algo que leva dedicação e disciplina, tão importante quanto a força de vontade, é um plano alimentar adaptado para a sua realidade, na  minha pratica clinica sempre analiso meu paciente como um todo e procuramos a estratégia mais possível de ser realizada sem radicalismo e com metas a serem cumpridas traçadas junto com cliente.

Outra orientação essencial é trabalhar a mente para que você emagreça com saúde e de forma definitiva, é importante aprender a identificar suas emoções para não buscar o consolo nos alimentos, como acontece quando estamos estressados ou ansiosos.

Como nutricionista funcional eu foco em ensinar aos meus pacientes a aprender a fazer escolhas saudáveis, melhorando os hábitos e ganhando autonomia alimentar, aprendendo a “escutar” os sinais do corpo, sabendo distinguir fome e saciedade, aprendendo a desenvolver equilíbrio e flexibilidade, ao invés de se encher de regras e sair cortando meio mundo de coisas que gosta de comer. Precisa de ajuda? entre em contato comigo e acredite, dá certo.

Br Hoje: Na internet há inúmeros anúncios de chás e pílulas. Quais os riscos para quem recorre a esses métodos para perder peso?

Suzane Lima – O principal risco de utilizar esses produtos hoje é perder a vida, através da intoxicação e lesão do fígado, esse órgão acaba sendo o principal atingido porque é responsável por filtrar grande parte do que consumimos, além disso pode causar problemas na mucosa intestinal, diarreia, gastrite, úlceras, afetar o pâncreas, os rins e diversas patologias.

Os chás e as pílulas são feitos com a combinação de diversas ervas o que torna esses produtos tóxicos e potencialmente perigosos colocando a saúde.  Fique atento tudo aquilo que promete emagrecimento rápido, aumentar saciedade, acelerar metabolismo, perda gordura localizado e outras promessas, não é real, pois afirmo que não existe nenhum chá ou pílula que promova isso isolado sem dieta e exercício físico.

É preciso entender inicialmente que o foco da indústria alimentícia e farmacêutica muitas vezes é produzir com a promessa de milagre, mas deixando de lado o valor nutricional, segurança e quantidade correta de uso. A única forma segura de consumir produtos naturais é utilizar como complemento e através de profissionais capacitados que indiquem a quantidade e a forma correta de uso e não pra salvar estilo de vida errado. 

SUZANE LIMA

Contato: (86) 981515286

Graduada em nutrição – UNIFSA

Especialista em Nutrição Clínica e Funcional

Pós graduanda em Nutrição Esportiva

Nutricionista da Atenção Básica

Coordenadora do programa federal: Proteja – Estratégia de combate a obesidade

Da Redação

 

Últimas notícias