Conheça Ameca: robô impressiona com realismo de movimentos humanos

Por Br Hoje
13 de janeiro de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O robô com rosto humano mais avançado do mundo, apresentado em 2 de dezembro pela startup britânica Engineered Arts, surpreendeu até mesmo seus criadores por conta das diversas reações bem realistas.

Um vídeo divulgado pela empresa mostrou uma dessas interações entre um humano e uma máquina.

Na cena, o homem tenta aproximar a mão do rosto de Ameca e, quando o dedo dele se aproxima do nariz do protótipo, este faz uma expressão carrancuda e se inclina para trás.

Quando a pessoa tenta o gesto novamente, o robô se mostra visivelmente “contrariado”. Ameca agarrou a mão dele e a retirou.

“O Ameca reage quando as coisas entram em seu ‘espaço pessoal’ […] Isso inclusive está começando a nos assustar”, relataram os engenheiros durante a apresentação do robô o Consumer Electronic Show (CES) 2022, feira de eletrônicos que ocorre todos os anos em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Estrutura facial avançada

A máquina possui uma face com olhos, bochechas, boca e testa. A programação incluiu uma série de gestos faciais, que mostram de espanto a raiva, e até expressão de felicidade.

Segundo a Engineered Arts, Ameca possui uma arquitetura modular que permite melhorar facilmente suas capacidades mediante atualizações, tanto físicas como de software.

A tecnologia com aparência humanoide, no entanto, tem apenas a estrutura facial avançada. O robô ainda não é capaz de andar, feito que a empresa espera alcançar em breve.

IA e machine learning

O Ameca combina inteligência artificial e machine learning, que é um subcampo da Engenharia e da ciência da computação que evoluiu do estudo de reconhecimento de padrões e da teoria do aprendizado computacional em IA.

O modo como interage de forma natural com quem fale em inglês chega a ser assustador. No entanto, o robô funciona como tecnologias virtuais já encontradas no mercado, como a Alexa e Siri, por exemplo.

No entanto, a capacidade de identificação visual e de memória do robô humanoide é impressionante, remetendo a filmes futurísticos que todos pensavam ser distante da realidade até hoje.

Conheça as principais características do Ameca

Modular por design: tanto o hardware quanto o software são modulares, tornando-o facilmente atualizável. A pessoa pode programar o robô para ter apenas uma cabeça ou um braço, por exemplo. Não há necessidade de um robô completo.

Cabeça nas nuvens: é possível ter acesso a todos os dados do robô na nuvem, controlá-lo como avatar pessoal em qualquer lugar do mundo.

Movimento natural: Ameca apossui movimentos suaves e realistas e recursos avançados de expressão facial, o que significa que o robô pode estabelecer um relacionamento instantâneo com qualquer pessoa.

Segundo os desenvolvedores, o robô pode desenvolver a interação entre humanos e qualquer metaverso ou reino digital.

Fonte: Metrópole