Jornalista americano é morto na Ucrânia por soldados russos

Por Br Hoje
13 de março de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O jornalista americano Brent Renaud, 50, foi baleado e morto na cidade de Irpin, nos arredores de Kiev, na Ucrânia neste domingo (13). A informação foi obtida pela agência de notícias Reuters através do chefe da polícia da região de Kiev, que afirmou ele foi alvejado por soldados russos.

O profissional usava um crachá do New York Times quando foi encontrado. Em nota, o New York Times manifestou “tristeza profunda” pelo profissional que trabalhou no jornal há alguns anos mas não estava cobrindo a guerra da Ucrânia para o veículo.

Ainda segundo a polícia, outro repórter, que estava com o jornalista morto, também foi atingido e levado a um hospital em Kiev. O governo dos Estados Unidos não se manifestou até a última atualização desta reportagem.

Cobertura de conflitos

Ao lado do irmão Craig Renaud, o jornalista produziu diversos documentários, cobriu eventos como as guerras no Iraque e no Afeganistão, o terremoto no Haiti, a violência dos cartéis no México e a crise de refugiados na América Central, informa o site da produtora dos irmãos.

Em 2014, a dupla venceu o prêmio Peabody de melhor documentário por “Last Chance High”, produzido para o site Vice News.

Últimas notícias