Duas pessoas morrem vítima de chikungunya em Teresina

Por Br Hoje
27 de junho de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

Duas pessoas morreram em Teresina vítima de Chikungunya, segundo dados da Fundação Municipal de Saúde (FMS). As mortes foram divulgadas no Boletim Epidemiológico nesta sexta-feira (24), e ocorreram entre 15 e 24 de junho.

As duas vítimas seriam o segundo e terceiro casos de morte por Chikungunya registados no Piauí. O primeiro foi do menino James Kauê Sousa e Silva, de 14 anos, no dia 3 de junho. Ele morava na cidade de Jaicós.

Ainda segundo o boletim da FMS, 406 casos de Chikungunya foram confirmados na capital até esta sexta (24), 79 a mais do que o registrado no boletim epidemiológico anterior.

Na última segunda-feira (20), a Secretaria de Saúde do Piauí (Sesapi) divulgou que o aumento de 5.605,4% nos casos de chikungunya e 734,8% de dengue. O estado apresentou redução apenas nos casos de zika, 15,4%.

Chikungunya

. Sintomas

Os principais sintomas são febre acima de 38,5 graus, de início repentino, e dores intensas nas articulações de pés e mãos – dedos, tornozelos e pulsos. Dor de cabeça, dores nos músculos e manchas vermelhas na pele.

A principal diferença entre a dengue e a chikungunya é a dor nas articulações, muito mais intensa na chikungunya.

. Tratamento

O diagnóstico depende de exames laboratoriais e, na fase aguda, o tratamento é apenas dos sintomas. Os sintomas, em geral, desaparecem dez dias após seu aparecimento. No entanto, as dores nas articulações podem persistir por meses. Nesses casos, o paciente deve voltar à unidade de saúde para avaliação médica.

Como a doença é transmitida por mosquitos, é fundamental reforçar as medidas de eliminação dos criadouros de mosquitos nas casas e vizinhança. As recomendações são as mesmas aplicadas à prevenção da dengue.

Fonte: G1 PI

Últimas notícias