Mãe que matou filhas afogadas em Parnaíba deixou carta para o ex: ‘Viva sem mim e suas filhas’

Por Br Hoje
20 de dezembro de 2023
Foto Reprodução

Na madrugada desta quarta-feira (20), Jéssica Silva do Nascimento, foi encontrada morta após ter incendiado sua residência e matado suas duas filhas afogadas na Praia da Pedra do Sal, em Parnaíba. O motivo dos crimes seria o fim do relacionamento com o pai das crianças.

A mulher deixou um caderno com textos de despedida para o ex-companheiro, identificado apenas como Paulo, onde revela que cometeria os crimes contras as filhas, para que ele passasse pelo pior pesadelo de sua vida.

“Paulo, lembra que eu te falei que teria que passar o pior pesadelo da sua vida? É esse. Viva sem mim e suas filhas. Elas são minhas, não dou para ninguém. Te implorei mas você não quis, então viva com essa culpa pelo resto da sua vida. Eu te amo, mas hoje te odeio”, escreveu Jéssica.

Entenda o caso

Na madrugada desta quarta-feira (20), uma mulher, identificada como Jéssica Silva do Nascimento, foi encontrada morta após supostamente ter incendiado sua residência e matado suas duas filhas afogadas na Praia da Pedra do Sal, em Parnaíba. As suspeitas indicam que a motivação foi do crime foi a notícia do término de seu relacionamento.

O Corpo de Bombeiros junto a Policiais do 27º Batalhão da Polícia Militar foram acionados para atender uma ocorrência de incêndio. No local, a equipe encontrou anotações de Jéssica sugerindo o afogamento das filhas na praia.

Com isso, os policias se dirigiram até a praia da Pedra do Sal, onde localizaram e socorreram as crianças. Elas chegaram a ser encaminhadas até um hospital da região, mas não resistiram e vieram a óbito.

Pouco depois Jéssica foi encontrada morta em um bar local. O Instituto de Medicina Legal (IML) foi acionado para remoção dos corpos e o caso agora está sob investigação da Polícia Civil.

 

 

Últimas notícias