Reitor da Universidade Federal do Delta do Parnaíba é indiciado por estelionato

Por Br Hoje
28 de dezembro de 2022
Reitor da UFDPar, Alexandro Marinho — Foto: Reprodução /TV Clube
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O reitor da Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), Alexandro Marinho de Oliveira, foi indiciado por estelionato. A investigação do caso foi realizada pelo 12º Distrito Policial, em Teresina. As informações são do G1PI.

De acordo com o delegado Aldemar Canabrava, que presidiu o inquérito policial, os denunciantes, supostos clientes, fecharam um contrato com a construtora que pertence ao reitor da UFDPar para a construção de um imóvel no valor estimado de R$ 600 mil em um condomínio da capital.

Contudo, o imóvel não foi entregue. Diante dos pagamentos repassados à construtora e de tentativas de contato com Alexandro Marinho, as vítimas formalizaram a denúncia na Polícia Civil. O inquérito policial foi concluído no dia 20 de dezembro, após ser constatada a autoria do crime e a materialidade das provas.

A defesa do reitor da UFDPar alegou que as vítimas manifestaram o desejo de desistir do prosseguimento do inquérito policial por não concordarem com o “tom midiático” que o caso tomou e, por este motivo, as partes estão em diálogo para que o caso seja solucionado no fórum adequado.

 

Últimas notícias