Dono de loja de celulares é preso suspeito de vender aparelhos furtados da Equatorial

Por Br Hoje
1 de julho de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O proprietário de uma loja de celulares foi preso na tarde desta sexta-feira (1º), em Teresina, suspeito de vender aparelhos roubados da Equatorial Piauí. Ele foi autuado por receptação qualificada e posse irregular de arma de fogo.

De acordo com o delegado Eduardo Aquino, da Delegacia de Capturas (Decap), a prisão ocorreu após a empresa denunciar o furto de mais de 40 aparelhos eletrônicos, entre celulares, notebooks e tablets. O autor do crime seria um funcionário terceirizado da Equatorial, que indicou o receptador dos produtos.

“As câmeras de segurança registraram o funcionário furtando os produtos várias vezes e em diferentes dias. Quando a empresa o procurou, ele resolveu abrir o jogo e se apresentou espontaneamente na delegacia, colaborando com a investigação”, informou.

Com ajuda do funcionário, a polícia chegou ao suspeito de receptar os aparelhos. Nesta sexta-feira, a Decap cumpriu o mandado de busca e apreensão expedido pelo juízo da Central de Inquéritos de Teresina no Residencial Betinho, em Teresina.

Durante as buscas na casa do suspeito, os policiais encontraram quatro celulares, dois tablets da Equatorial e duas armas de fogo municiadas sem qualquer registro. Segundo o delegado, os aparelhos eram vendidos tanto na loja de celulares, como nas redes sociais de forma avulsa.

“Existe a suspeita que ele também estava realizado assaltos, mas ainda vamos apurar. A sogra e o pai do empresário foram conduzidos até a Central de Flagrantes e em seguidas liberados. Já o funcionário terceirizado não foi preso, mas deve responder por furto qualificado. Ao final da investigação vamos tentar identificar mais envolvidos no crime”, destacou Aquino.

Fonte: G1 PI

 

Últimas notícias