Mulher é presa pela PM acusada de matar o marido em Piracuruca

Por Br Hoje
15 de março de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

Um homem identificado como Wadson da Silveira Fontele, de 28 anos, foi morto com uma facada no peito na noite do último domingo (13), por volta de 20h30, na cidade de Piracuruca, Norte do Piauí. A suspeita de cometer o crime é a esposa da vítima, identificada como Maria Edna Lima da Silva, de 27 anos, que foi presa em flagrante ainda no mesmo dia.

Conforme informações repassadas pelo delegado Abimael Silva, titular da delegacia de Piracuruca, o casal, que possui uma filha de apenas 2 meses de idade, estava bebendo na barragem de Piracuruca momentos antes da discussão que culminou com a morte do homem. “Eles estavam em um banho na barragem de Piracuruca junto com alguns amigos, quando houve uma discussão. Ela decidiu ir caminhando sozinha para casa com o bebê de 2 meses do casal e um dos amigos a levou. Quando o marido chegou, ele pulou o muro da residência, pois o portão estava trancado e foi iniciada outra discussão, que terminou com o crime”, relatou o delegado Abimael Silva.

Ainda conforme o delegado, Maria Edna disse que a morte do marido foi acidental, mas levantamentos preliminares da perícia contrariam o depoimento da acusada. “Ela alegou que no momento em que ela estava jantando ele foi para cima dela e caiu em cima dela, que estava com a faca, fincando a faca no peito dele. No entanto, segundo a perícia, ele apresenta lesões de defesa nas mãos e nos braços que demonstram que não teve apenas a perfuração e sim uma luta corporal. A mulher também apresenta uma lesão no ombro, que ela diz ser uma mordida”, explicou o delegado Abimael.

Wadson da Silveira Fontele ainda chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital de Piracuruca, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Já Edna foi presa em flagrante pela Polícia Militar e aguarda audiência de custódia.

Fonte: G1 Piauí

Últimas notícias