Suspeita de matar homem com garrafa de vidro e pedradas é presa no Piauí

Por Br Hoje
6 de janeiro de 2023
Foto Reprodução
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

A mulher suspeita de ter matado Pedro Pinto de Araújo, de 51 anos, com golpes desferidos com uma garrafa de vidro em Assunção do Piauí, foi presa nessa quinta-feira (5). Uma tentativa de abuso sexual contra uma adolescente pode ter motivado o crime.

A suspeita, identificada como Jéssica Alexandre, foi presa por volta das 15h, por policiais de São Miguel do Tapuio. Ela não resistiu à prisão e foi autuada por homicídio.

Segundo a Polícia Militar, uma adolescente que seria testemunha do crime declarou que Pedro Pinto teria tentado abusar sexualmente dela, e que por isso Jéssica teria cometido o crime. Esta versão ainda é investigada pela Polícia Civil.

O crime

Jéssica estaria em um relacionamento com Pedro, e foi à casa dele na madrugada de quinta-feira (5). No mesmo local estaria uma adolescente. Segundo o depoimento da adolescente, por volta das 3h40 Jéssica teria visto Pedro tentar abusar sexualmente dela, num momento em que ela voltava do banheiro.

A partir daí os dois começaram uma briga, e Jéssica teria agredido Pedro com a garrafa e usado os cacos para cortá-lo nas costas. Em seguida, o feriu com uma pedra, e Pedro faleceu.

Após a prisão, Jéssica deve prestar depoimento à Polícia Civil de São Miguel do Tapuio, que está investigando o caso. O inquérito foi iniciado ainda na quinta-feira (5), com o depoimento de testemunhas, e deve ser concluído em 60 dias.

Fonte: Tribuna em Foco

Últimas notícias