Francisco Limma diz que PT expulsará membros que declararem apoio a Silvio Mendes

Por Br Hoje
11 de fevereiro de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O presidente estadual do PT, Francisco Limma, afirmou que o Partido dos Trabalhadores vai abrir um processo para expulsar aqueles petistas que declararem apoio a candidatos de outras chapas.

Em recentes entrevistas, o pré-candidato da oposição Silvio Mendes afirmou que foi procurado por um prefeito do PT, que teria declarado apoio à ele.

Para Francisco Limma, quem não quiser marchar com o pré-candidato Rafael Fonteles (PT) ou deve pedir a desfiliação ou será expulso.

“Isso não vale só para candidato Silvio, isso vale para qualquer candidato. Os mandatários petistas, sejam prefeitos, vereadores ou deputados, que quiserem votar contra a chapa do Partido dos trabalhadores ou terá que pedir desfiliação ou vai responder um processo por infidelidade, com grande chance de ser expulso do partido”, pontou.

O deputado, no entanto, pontuou não acreditar que nenhuma liderança petista tenha declarado apoio à Silvio Mendes. Para ele, a afirmação do tucano não passa de “boato”.

O presidente estadual do PT, Francisco Limma, afirmou que o Partido dos Trabalhadores vai abrir um processo para expulsar aqueles petistas que declararem apoio a candidatos de outras chapas.

Em recentes entrevistas, o pré-candidato da oposição Silvio Mendes afirmou que foi procurado por um prefeito do PT, que teria declarado apoio à ele.

Para Francisco Limma, quem não quiser marchar com o pré-candidato Rafael Fonteles (PT) ou deve pedir a desfiliação ou será expulso.

“Isso não vale só para candidato Silvio, isso vale para qualquer candidato. Os mandatários petistas, sejam prefeitos, vereadores ou deputados, que quiserem votar contra a chapa do Partido dos trabalhadores ou terá que pedir desfiliação ou vai responder um processo por infidelidade, com grande chance de ser expulso do partido”, pontou.

O deputado, no entanto, pontuou não acreditar que nenhuma liderança petista tenha declarado apoio à Silvio Mendes. Para ele, a afirmação do tucano não passa de “boato”.

“Por enquanto, eu acho que é boato do Silvio. Não acho que tenha nenhum pessoa filiada ao PT que queira vota no candidato do Bolsonaro”, avaliou.

Fonte: Cidade Verde

Últimas notícias