Rafael Fonteles anuncia fusão, extinção de pastas e mudança de órgãos em secretarias

Por Br Hoje
21 de novembro de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O governador eleito Rafael Fonteles (PT) confirmou através de seu Twitter que vai transformar a Fundespi (Fundação de Esporte do Piauí), a Emater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural),  a Coordenadoria de Irrigação e a Coordenadoria de Mulheres em Secretarias.

A proposta também faz a extinção de órgãos e incorporação de pastas com funções semelhantes.

Entre as mudanças está a incorporação da Adapi à nova secretaria da Emater, que passará a se chamar de Secretaria de Assistência e Defesa Agropecuária (SADA). Já a Fundespi passará a se chamar Secretaria de Esportes. A Coordenadoria de Irrigação passará a ser Secretaria de Irrigação e Recursos Hídricos (SEFIR), e a Coordenadoria de Mulheres será transformada em Secretaria das Mulheres.

Além das quatro novas secretarias, outras sete pastas também vão sofrer alterações na reforma administrativa que deverá ser encaminhada à Alepi:

1 – Extinção da Fepiserh com as mesmas funções sendo atribuídas para a Sesapi.

2 – Extinção da companhia Porto PI, com as mesmas funções sendo atribuídas para a Investe Piauí.

3 – Extinção da companhia Gaspisa, com as mesmas funções sendo atribuídas para a Investe Piauí.

4 – Alteração da Coordenação de Igualdade Racial para Superintendência de Igualdade Racial dentro da estrutura da SASC.

5 – Alteração das atribuições da Coordenadoria do Idoso para a Superintendência do Idoso, dentro da SASC. A atual Coordenadoria será substituída pela Coordenadoria para Áreas Metropolitanas (COAM).

6- Alterar a Gerência de Povos e Comunidades Tradicionais para Diretoria de Povos e Comunidades Tradicionais no Interpi.

7 – Alteração da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) para Empresa de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí

Segundo o governador eleito, as mudanças de status ocorrerão sem aumento no número de cargos do Estado. “Todas essas alterações visam dar maior eficiência à nossa gestão, em linha com as metas do nosso Programa de Governo, proporcionando ainda a redução de cargos e do custeio da máquina pública estadual”, disse Rafael Fonteles, através das redes sociais.

Últimas notícias