Vereadores de situação aprovam projeto que salvou o Altos Prev de colapso

Por Br Hoje
29 de junho de 2022
Vereadores que votaram a favor do projeto.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

Na manhã desta quarta-feira (29), em sessão extraordinária, a Câmara Municipal de Altos aprovou Projeto de Lei que visou reequilibrar o regime de previdência própria do município, o Altos Prev, que se encontrava de forma insustentável.

O prefeito Maxwell da Mariínha enviou então à Câmara Projeto de Lei Complementar que readequou alíquotas e tempo de contribuição para que o sistema de previdência municipal não entrasse em colapso, mas não sem antes discussões intensas com os setores jurídico e contábil e entrar num acordo com os sindicatos dos servidores.

Votaram a favor da continuidade do pagamento aos segurados do Altos Prev e garantia aos futuros aposentados os vereadores Andrea Amaral, Jaifran do Povão, Gerson Fernandes, Juniel Pinheiro, Dr. Miguel Ângelo, Hélio Inácio e Nélio Holanda e Natan dos Projetos.

Votaram contra o equilíbrio das finanças e garantia do aposento dos segurados os vereadores Zé Wilson, Zé Ernande, Adaildo Pancadão, Fabíola Santos e a presidente da Casa, Regina Catarina.

A vereadora Fabíola Santos em dezembro do ano passado votou pela condenação da ex-prefeita Patrícia Leal na Câmara reconhecendo o rombo aos cofres do Altos Prev deixado pela ex-gestora em R$ 12,5 milhões. Hoje ela vota em sitonia com o grupo da ex-prefeita.

Entenda

Em poucos meses o executivo municipal corria o risco de não fechar a folha de pagamento dos inativos, pensionistas e aposentados que consome atualmente R$ 650 mil ao mês.

Tudo isso se deve a um rombo financeiro identificado nas contas da gestão anterior da ex-prefeita Patrícia Leal na ordem de R$ 12,5 milhões apontado pelo Tribunal de Contas do Estado, o que levou à condenação da ex-gestora no âmbito da Câmara Municipal de Altos.

 

Últimas notícias