Wellington Dias anuncia Osmar Junior como secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Social

Por Br Hoje
31 de dezembro de 2022
Foto: Marcelo Cardoso
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

O futuro ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT), anunciou nesta sexta-feira (30) que o secretário-executivo da pasta será Osmar Junior.

O secretário-executivo é o “número dois” na hierarquia da pasta, abaixo apenas do próprio ministro. Quando Wellington Dias estiver fora do país ou licenciado, por exemplo, o ministério passará às mãos do secretário.

Osmar Junior foi vice-governador do Piauí entre 2004 e 2008 – no primeiro mandato de Wellington Dias como governador do estado. Recentemente, foi secretário de Governo do Piauí, também no governo de Dias.

“Hoje anuncio os novos secretários do o Ministério do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Combate à Fome, escolhidos por suas capacidades e habilidades. Juntos seguiremos na missão de tirarmos o Brasil do mapa da fome e cuidar dos que mais precisam”, escreveu o futuro ministro em uma rede social.

O Ministério do Desenvolvimento, Assistência Social, Família e Combate à Fome – novo nome da pasta que, no governo Jair Bolsonaro (PL), se chama Ministério da Cidadania – deve concentrar a gestão dos programas sociais do governo federal, incluindo o Bolsa Família.

Mais secretários

Wellington Dias anunciou ainda, para o “segundo escalão” do ministério:

Ranniêr Ciríaco, novo secretário-executivo-adjunto: segundo o ministro, Ranniêr atuou na representação em Brasília do governo do Piauí e desempenhou outras funções no governo estadual.

Letícia Bartholo, nova secretária do Cadastro Único e Gestão da Informação: Letícia é socióloga e mestre em demografia. Segundo Dias, tem “mais de 20 anos de experiência em programas de combate à pobreza”.

Lilian dos Santos Rahal, nova secretária Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional: Lilian é servidora de carreira, especialista em políticas públicas e mestre em sociologia.

Luiz Carlos Everton de Farias, novo secretário Nacional de Inclusão Sócio-Econômica: segundo divulgado pelo ministro, Farias é ex-presidente da Codevasf, tem formação em gestão, controladoria e auditoria e é, ainda, pastor evangélico.

André Quintão Silva, novo secretário de Assistência Social: Quintão é deputado estadual em Minas Gerais há cinco mandatos, é sociólogo e assistente social de formação.

Laís Wendel Abramo, nova secretária Nacional de Cuidados e Família: Laís tem graduação, mestrado e doutorado em sociologia. Segundo o futuro ministro, é “especialista em temas relativos à desigualdade, políticas sociais e o mundo do trabalho” e autora de diversas publicações sobre o tema.

Últimas notícias