Causa da morte de Jô Soares é revelada após quatro meses

Por Br Hoje
22 de dezembro de 2022
Foto Reprodução
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

A causa da morte de Jô Soares, que faleceu em agosto deste ano, em São Paulo, foram reveladas após quatro meses. Segundo o site ‘Notícias da TV’, o apresentador enfrentou complicações com a obesidade, que comprometeu parte do sistema interno. Ainda de acordo com o portal, na certidão de óbito no qual tiveram acesso, foi descrito que o humorista morreu durante a madrugada por insuficiência renal e cardíaca, estenose aórtica e fibrilação arterial.

Além disso, Jô Soares ainda teve um estreitamento da abertura da válvula aórtica, que controla a saída de sangue do ventrículo esquerdo do coração. Com isso, o fluxo de sangue foi bloqueado. Na época do falecimento do apresentador, que estava internado no Hospital Sírio Libanês, Flávia Pedras, sua ex-mulher, alegou que Jô não queria revelar o motivo de seu falecimento. Segundo ela, ele queria continuar “elegante na vida” e evitar fofocas sobre os problemas.

Foi Flávia, inclusive, quem confirmou a morte, na época, através das redes sociais. “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados”, disse ela que rasgou elogios ao ex-marido.

“Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo. Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores Amor eterno, sua, Bitika”, finalizou.

Sobre Jô Soares

José Eugênio Soares, nome de batismo de Jô Soares, nasceu no Rio de Janeiro, em 16 de janeiro de 1938, tendo feito sucesso como um dos maiores nomes da televisão brasileira. Em sua carreira, ele trabalhou como ator, diretor, humorista e apresentador.

Sua estreia na TV aconteceu quando ele tinha apenas 18 anos, no programa ‘Praça da Alegria’, da Rede Record. Ele trabalhou na atração por 10 anos. No currículo de Jô há uma única novela: ‘Ceará contra 007’ (1965), na qual ele interpretou o agente secreto Jaime Blond.

Sua entrada na TV Globo, onde permaneceu por muitos anos, aconteceu em 1971, no humorístico ‘Faça Humor, Não Faça Guerra’. Ganhou seu primeiro programa na emissora em 1981, o ‘Viva o Gordo’. A atração ficou no ar por seis anos. Já no SBT esteve à frente do programa ‘Jô Soares Onze e Meia’, entre 1988 e 1999. No ano seguinte, voltou para a Globo comandando o ‘Programa do Jô’, que ficou no ar por mais de 16 anos.

 

Últimas notícias