Justiça determina apreensão de jatinho de Wesley Safadão

Por Br Hoje
24 de dezembro de 2022
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on reddit

A Justiça determinou na quinta-feira (22) a apreensão de um jatinho do cantor Wesley Safadão, supostamente para ressarcir as vítimas do empresário Francesley da Silva, conhecido como “Sheik dos Bitcoins”. Silva é investigado pela Polícia Federal por fraudes em criptomoedas e está preso desde novembro.

De acordo com a assessoria de imprensa do artista, a WS Shows também foi uma “vítima dessa operação”.

“Buscando antecipar notícias e afastar indevidas conclusões sobre o caso, esclarecemos que os sócios da WS Shows também acreditaram ser uma boa oportunidade de negócio, e assim que identificaram fragilidades, correram atrás de desfazer tudo, conseguindo minimizar o prejuízo investindo mais dinheiro com a compra do avião, inclusive pegando financiamento com o Banco do Brasil S/A. A WS Shows foi surpreendida com a recente decisão que determinou o bloqueio do jato, porém já está nas mãos da Justiça para que tudo seja resolvido da melhor e mais justa forma”, afirmou o comunicado de Safadão.

A organização criminosa que seria chefiada por Silva vem praticando crimes desde 2016, num esquema de pirâmide financeira, que por trás estaria o disfarce de aluguel de criptomoedas. Além de promover fraudes no Brasil e no exterior, ainda confecciona e vendia plataformas e sistemas virtuais para outros interessados em praticar crimes semelhantes.

A PF acredita que 15 mil pessoas estejam com dinheiro investido na empresa.

De acordo com a PF, as investigações vão continuar para acabar com as atividades criminosas do grupo, e também elucidar a participação de todos os envolvidos no crime, e rastrear patrimônios deles para reparação dos danos causados às vítimas.

Fonte: CNN

Últimas notícias